3 ensinamentos de Gandhi que você deve aplicar em sua vida diária

Pouco tem que ser dito de Mahatma Gandhi. Conhecido mundialmente como o "Homem do sorriso perpétuo" Este escritor, político, pensador e filósofo de origem indiana caracterizou-se sobretudo por defender um mundo sem violência. Ele acreditava firmemente na bondade do ser humano. É por isso que ele liderou um processo de independência contra o Reino Unido sem derramar uma gota de sangue em uma guerra fratricida entre as duas partes.

Infelizmente, Gandhi foi assassinado em 1948, logo após conquistar a soberania de seus compatriotas. E embora tenha sido bastante cruel, seu legado e ideologia ainda são muito válidos. Por esta razão, da NatureVia decidimos homenageá-lo contando alguns de seus mais ilustres ensinamentos que podemos aplicar em nossa vida diária.

1. Sempre tente ter argumentos sólidos

Sua ideia de sempre manter uma atitude pacífica e conciliatória em relação à vida não foi dada por mero acaso. Gandhi passou mais de duas décadas aprendendo sobre os direitos civis na Universidade de Londres. Depois disso, ele passou longos períodos viajando com o objetivo de conhecer em primeira pessoa todas as necessidades que o povo indiano tinha.

Gandhi era um ser curioso. Ele sempre teve a necessidade imperiosa de reunir todas as opiniões e perspectivas possíveis antes de um conflito de guerra sem sentido irromper contra o Reino Unido. Ele conseguiu ter uma visão da realidade muito mais exata e objetiva.

E que leitura podemos tirar disso? Bem, em muitas ocasiões, por mero orgulho, vaidade ou ego, sempre tendemos a estar acima dos outros. Mesmo nos aspectos mais banais da nossa vida. No entanto, às vezes não percebemos que fugir do conflito e colocar-se no lugar de outra pessoa pode ser a solução para o problema.

2. A empatia deve estar presente em todas as pessoas

Gandhi foi um forte defensor da ideia de que praticamente todos podem chegar a um acordo e remar na mesma direção. Isso só pode ser alcançado através da empatia, uma habilidade social que consiste em colocar-se no lugar do outro para entender seus sentimentos e emoções. Desta forma, será possível ajudá-lo e, portanto, fazer com que você se sinta melhor a curto prazo.

Além disso, esse pensador indiano incutiu essa idéia em todos os cantos da Índia. Em seus discursos, ele fez com que os outros vissem a importância de sempre se colocar no lugar dos outros, porque, mais cedo ou mais tarde, podemos nos ver na mesma situação. Graças a esse pensamento, Gandhi conseguiu que outros pensadores indianos daquela época "acrescentassem" ao seu dogma, algo que tornava muito mais fácil realizar todo o processo de independência.

Como uma anedota curiosa, Gandhi poderia ter empatia com os políticos da época que estavam nos "antípodas" de sua ideologia pacifista e bondosa. Além disso, Mahatma enviou uma carta ao próprio Adolf Hitler, sempre tratando-o de maneira muito correta, sempre chamando-o de "-Querido amigo…" Com essas missivas eu estava procurando nada mais do que parar a Segunda Guerra Mundial, o maior conflito na história da humanidade que infelizmente influenciou a vida de mais de 40 milhões de pessoas.

3. Você tem que ter força física como mental

Com mais de 70 anos recém completados, uma das características que mais definiu Gandhi foi, sem dúvida, sua força física. Ele foi capaz de fazer longas caminhadas por todas as cidades da Índia. Estar por muito tempo na frente das pessoas para que seu pensamento e filosofia atinjam o número máximo de pessoas. Apesar de sua idade avançada, ele foi capaz de manter o equilíbrio entre dois troncos de madeira que flutuavam nas águas do rio Ganges.

Para conseguir tudo isso, ele sempre liderou uma dieta saudável e equilibrada em todos os tipos de nutrientes. Ele nunca abusou de medicamentos ou drogas modernas. Ele achava que seu organismo era forte o suficiente como sua fé no ser humano. E isso, portanto, poderia curar e se recuperar de qualquer adversidade.

Estas foram algumas das - muitas - crenças que Gandhi teve durante sua longa e intensa vida. Graças a eles, ele conseguiu reunir milhões de pessoas de todo o mundo. Isso fez com que seu legado perdurasse até hoje. Portanto, é bom que todos nós tentemos aplicá-los no nosso dia a dia. Certamente eles nos ajudarão a fazer tudo ficar muito melhor. Este artigo é publicado apenas para fins informativos. Não pode nem deve substituir a consulta com um psicólogo. Aconselhamos que consulte o seu psicólogo de confiança.

EU MAIOR (Higher Self) (Março 2019)