Você conhece o conto do bambu japonês?

Diz a lenda que há muito, muito tempo atrás, dois fazendeiros caminhavam por um mercado quando pararam um pouco antes do posto de um homem que vendia sementes. Eles ficaram surpresos quando viram alguns que nunca tinham visto antes.

Um deles perguntou ao vendedor quais eram as sementes, ao que o comerciante respondeu que eram sementes de bambu, algumas sementes muito especiais que vinham do Extremo Oriente.

Intrigado e muito curioso, o agricultor não conseguiu se conter e fez uma nova pergunta:"E por que essas sementes são tão especiais?". O comerciante encorajou-o a levá-los, avisando-o de que descobriria sem muita complicação, pois só precisavam de fertilizante e água.

Finalmente, a curiosidade prevaleceu e os dois agricultores decidiram levar para casa as sementes de bambu. Eles os plantaram, irrigaram e pagaram estritamente de acordo com todas as instruções dadas pelo vendedor.

Depois de passar um tempo não muito longo, os dois fazendeiros ficaram um tanto desconfortáveis ​​e tristes porque o resultado não fora o esperado: as sementes quase não cresceram. Foi então que um dos fazendeiros disse ao outro que ele estava pensando que o comerciante havia enganado eles. Tal era a sua raiva que ele finalmente decidiu não continuar regando as sementes ou fertilizando-as.

Mas o outro fazendeiro, no entanto, achou que não tinha nada a perder, então decidiu tomar conta e continuar a guardar as sementes: todos os dias ele voltava para regá-las e pagá-las com cuidado. E, assim, o tempo passou, mas continuou sem dar frutos.

No entanto, um dia, quando o agricultor estava prestes a jogar a toalha e parar de cultivá-los, ficou surpreso ao descobrir que o bambu tinha crescido a uma altura de 25 metros em apenas 5 semanas ...

O melhor ensinamento que podemos receber na vida

Essa história tão linda e ao mesmo tempo tão curta nos mostra um dos melhores ensinamentos que podemos receber na vida. O bambu leva sete anos para enraizar bem as raízes da terra, uma vez que passou este tempo aos sete anos e seis semanas começa a crescer brilhantemente.

É um reflexo de quais metas ou objetivos nos colocamos e não ver os resultados, ou resultados, logo que desejamos jogar a toalha. E então por que todo esse esforço foi feito? Os agricultores esperavam que esta planta nascesse da noite para o dia, como muitas vezes acontece com nossos projetos.

Eles pensaram que talvez as sementes não fossem férteis ou que tivessem sido enganadas. No entanto, um deles decidiu não sair e continuar oferecendo seus cuidados. Este fazendeiro descobriu quando ele menos esperava que tudo o que ele tinha feito para vê-la crescer finalmente deu seus resultados.

Esta história nos oferece uma moral muito interessante, pois muitas vezes ficamos à beira do caminho e pensamos que estamos cansados ​​ou incapazes, nos desesperamos e perdemos a paciência.

No entanto, quando se trabalha dia a dia por um objetivo com perseverança e não por motivação do momento em que menos esperamos que os frutos apareçam e tudo recupere sentido. Passe dias, semanas, se não perdermos a fé, tudo o que temos lutado virá.

Se partirmos antes do tempo, e deixarmos de regar o bambu, esta bela planta nunca verá a luz nem poderemos apreciar a sua beleza. O mesmo acontecerá com nossos sonhos, nunca os veremos brilhar.

A lição do Bambu Chines (Abril 2019)