Alimentos que favorecem a tonificação muscular

Há muitas pessoas que começam a se exercitar com a intenção de tonificar o corpo e aumentar a massa corporal.

A tonificação muscular está relacionada ao tônus ​​de um músculo, isto é, quão duro é esse músculo quando está em repouso. Trata-se de exercê-lo para fortalecê-lo.

A massa corporal está ligada à quantidade de matéria presente no corpo humano. Esse conceito está associado ao Índice de Massa Corporal (IMC), que consiste em associar o peso e a altura da pessoa para descobrir se a relação é saudável. De acordo com o valor obtido do cálculo supracitado:

  • Se o número obtido estiver abaixo de 18,50, fica estabelecido que a pessoa em questão tem um peso baixo.
  • Se o resultado estiver entre 18.50 e 24.99, pode-se dizer que a pessoa está em uma situação normal em termos de peso.
  • Se o resultado obtido for entre 25 e 30, será dito que a pessoa está acima do peso.
  • Se o valor for maior que 30, será dito que a pessoa tem um problema de obesidade. Entre 30 e 34,99 serão leves, entre 35 e 39,99 serão medianos e se finalmente ultrapassar o valor de 40 vamos falar sobre obesidade por mordida.

O que podemos fazer para ganhar massa muscular além do exercício?

Para ganhar massa muscular é conveniente tomar uma série de alimentos que têm uma alta porcentagem de proteínas e também ingerir carboidratos e gorduras insaturadas.

Por que as proteínas são necessárias?

Eles são muito necessários para que fibras musculares mais fortes e maiores possam ser formadas, o que nos fará resistir à intensidade do exercício físico.

Quais são os carboidratos necessários?

É a principal fonte de energia e são necessárias para o trabalho muscular imediato. Quando os carboidratos são esgotados, eles extraem energia secundária, chamada gordura.

Como saberemos se nosso plano alimentar é adequado?

  • Ele terá que conter 30% em proteínas: podemos encontrá-los em carne magra, peito de frango sem pele, queijos com baixo teor de gordura, peixe, ovos.
  • Quantidade de carboidratos a 50%: presentes no arroz, macarrão, pão integral, quinoa, aveia, batata, lentilha, legumes, frutas.
  • 20% em gorduras insaturadas, como azeite, girassol, nozes.

Você conhece os alimentos mais adequados que nos ajudarão a tonificar nossos músculos?

  • Ovos: a maior quantidade de proteína será encontrada nas claras. Recomenda-se consumir no máximo 1 ou 2 ovos por dia. As claras de ovos, no entanto, podem ser consumidas com menos restrições e são uma proteína de digestão um pouco mais rápida, ideal como pré-refeição ou pós-treino.
  • Leite e queijos com baixo teor de gordura e sal: Estar com baixo teor de gordura não contribui muito gordura para o corpo e também fornecer bons nutrientes para construir músculos mais facilmente. Eles contêm proteínas animais de qualidade.
  • Carnes magras e peixe: A vitela é rica em creatina, que melhora a massa muscular, reduz a gordura corporal e aumenta a resistência. Em relação ao peixe, o atum, a cavala e o salmão são uma boa contribuição para a sua contribuição no ômega 3.
  • Iogurte de cabra: O leite de cabra tem um alto teor de proteína e é menos gordo que o da vaca, proporcionando uma digestão muito mais rápida do que o leite de vaca.
  • Aveia: nos oferece proteínas de alto valor biológico, gorduras, vitaminas e minerais. É o cereal com maior proporção de gordura vegetal, 65% de gorduras insaturadas e 35% de ácido linoléico. Contém carboidratos que são fáceis de absorver fibras, sódio, potássio, cálcio, fósforo, magnésio, ferro, cobre, zinco, vitaminas B e E. Também nos dá muita energia antes do treino.
  • Quinoa: Contém boas reservas de proteína e não carece do aminoácido lisina, portanto sua proteína é mais completa. Contém altos níveis de potássio e riboflavina, ferro e vitaminas do grupo B. É uma boa fonte de magnésio, zinco, cobre e manganês.
  • Legumes: Eles contêm fibras e alta quantidade de proteínas de origem vegetal e carboidratos. Recomenda lentilhas e soja.
  • Frutos secos: Eles fornecem proteínas, fibras e gorduras saudáveis, ajudando nossa digestão a ser um pouco mais lenta, para que seus aminoácidos permaneçam mais tempo no corpo e promovam o sono. Nozes, amêndoas e sementes de girassol recomendadas.
  • Azeite de oliva: suas gorduras monoinsaturadas previnem a degeneração do tecido muscular e cuidam das articulações, algo essencial antes do treinamento.

Carregar uma dieta rica em proteínas nos ajudará na reparação das fibras musculares com mais rapidez e eficiência. O exercício físico é importante como um complemento para alcançar nosso objetivo que será tonificante. Este artigo é publicado apenas para fins informativos. Você não pode e não deve substituir a consulta com um nutricionista. Aconselhamo-lo a consultar o seu nutricionista de confiança.

Top 10 Alimentos para Aumentar sua Estatura (Abril 2019)