Como fazer uma bebida medicinal cúrcuma e suas contra-indicações

O cúrcuma É uma planta herbácea nativa da família Zingiberáceas. Sua aparência raiz tem um tom amarelado, que lembra a cor mostarda. Vindo da Índia e da Indonésia, esta espécie também está em grande demanda no sudeste da Ásia, onde é freqüentemente cultivada em locais que têm temperaturas quentes e úmidas, aproximadamente 30 graus Celsius.

Na Índia, açafrão adquire um significado poderoso, uma vez que é usado no hinduísmo para adorar o Deus Sol. Na medicina tradicional chinesa, como uma erva medicinal, a cúrcuma também teve um grande papel que ainda é válido mesmo no Sociedades ocidentais.

Cúrcuma tem diferentes usos e múltiplas propriedades que são benéficas para o organismo, uma vez que proporciona uma saúde física e emocional para o organismo. Uma propriedade característica da cúrcuma é sua capacidade de pigmentar superfícies; na verdade, o curry tem aquele tom amarelado graças ao aspecto natural da cúrcuma.

Os principais benefícios da cúrcuma

Tanto as primeiras civilizações hindus quanto as atuais, usam essa capacidade de pigmentação para tingir algodão, lã, papel, tecidos, entre outros. Continuando com as qualidades da cúrcuma e suas várias funções na saúde, seus componentes orgânicos ajudar a curar doenças estomacais e respiratórias.

Por outro lado, cúrcuma tem propriedades anti-câncer, que trabalham para neutralizar os múltiplos danos que o câncer de mama, pele e cólon pode gerar no organismo e os fortes tratamentos que eles implicam, como, por exemplo, a quimioterapia.

Para pacientes que sofrem Diabetes tipo 1 e 2, as propriedades curativas ajudam a controlar a insulina no sangue, que trabalha em conjunto com os efeitos da glicose, que permite ao paciente reduzir a resistência à insulina.

Enfatizando seus propósitos estéticos, esta erva milenar ajuda a proteger as funções do fígado, pois é eficiente para digerir e drenar melhor os alimentos que são consumidos e que devido às suas características e ingredientes culinários, ameaçam a saúde do ser humano.

Açafrão tem um efeito desinflamante, muito útil para pessoas que sofrem de doenças de constipação, gastrite e doenças no cólon.

Aqui estão alguns remédios caseiros perfeitos para aproveitar ao máximo os benefícios medicinais da cúrcuma.

2 remédios naturais para desfrutar das propriedades do açafrão

Suco de cúrcuma

Ingredientes:

  • 2 colheres de chá de açafrão
  • 2 colheres de chá de mel
  • 1 limão (só o suco)
  • 2 xícaras de água

O que deve fazer?:

Primeiro, ferva os 2 copos de água em uma panela em fogo alto. Se você quiser, pode cobrir o pote para que o processo seja muito mais rápido.

Agora adicione a colher de chá de açafrão à água e adoçar o chá com mel a gosto. Esprema o limão para obter seu suco e adicione-o à água, mexendo todos os ingredientes até se complementarem perfeitamente.

Ingeri-lo preferencialmente duas vezes por dia.

Bebida açafrão

Ingredientes:

  • 2 colheres de chá de açafrão
  • 2 colheres de chá de gengibre
  • 2 colheres de chá de panela
  • 1 colher de chá de casca de laranja
  • 1 pau de canela
  • 2 xícaras de água

O que deve fazer?:

Coloque a água em uma panela, ferva a água com o gengibre e adicione o pau de canela.

Acrescente a casca de laranja mais tarde, e quando a água atingir seu ponto de ebulição e o aroma de todos os ingredientes começar a emanar da água, adicione a quantidade exata de açafrão-da-terra.

Desde a cúrcuma tem um sabor bastante amargo, é aconselhável para adoçar o chá com panela.

Contra-indicações de açafrão

Apesar dos múltiplos benefícios medicinais, a cúrcuma, como outras espécies, apresenta certas contra-indicações em relação ao seu uso. Por exemplo: se uma mulher está grávida ou suspeita que está grávida, ela deve evitar açafrão mesmo durante a amamentação.

Por outro lado, pessoas com cálculos renais também devem evitar consumir cúrcuma, pois pode causar o deslocamento dessas pedras e causar uma obstrução nos ductos biliares, o que pode piorar a situação do paciente.

Seu consumo deve ser evitado se o paciente estiver tomando medicamentos ou suplementos ricos em anticoagulantes, pois a cúrcuma possui essas propriedades ao mesmo tempo e a adição de ambas em excesso pode causar desde contusões a hemorragias. Os sintomas produzidos pelo uso excessivo de cúrcuma no corpo sob certas condições em que sua ingestão não é recomendada são:

  • Desconforto digestivo
  • Dor de estômago e gastrite
  • Náusea e tontura
  • Hemorragias e contusões.
Este artigo é publicado apenas para fins informativos. Não pode e não deve substituir a consulta com um médico. Aconselhamo-lo a consultar o seu Trusted Doctor.

✅ Gengibre e cúrcuma, a bebida medicinal para as articulações! (Pode 2019)