Laurel: benefícios, propriedades medicinais e contra-indicações

O que é louro?

O laurel É uma árvore cujas folhas se destacam por serem comumente usadas em muitas casas por sua importância benefícios e propriedadesPor isso, sempre se tornou um ingrediente comum no desenvolvimento de uma ampla variedade de remédios naturais. Também destaca seu uso popular na cozinha, por seu grande poder aromático.

É uma árvore que, do ponto de vista histórico, passou a ser considerada pelos gregos como a árvore sagrada de Apolo. Não em vão, os romanos usaram como símbolo da vitória.

Seus componentes incluem os ácidos fórmico, pelargônico, acético, cinâmico, láurico, capróico, propiônico, linoleico e oleico. Mas também contém canfeno, terpineno, limoneno e sabineno.

Conhecido cientificamente com o nome deLaurus nobilisL., consiste em uma árvore perene pertencente à família das Lauráceas. Seu tronco é reto, liso, podendo ultrapassar 10 metros de altura (sua altura média varia entre 6 e 12 metros de altura) e é nativo da região do Mediterrâneo.

  • Benefícios do louro contra a ansiedade e 2 remédios naturais

Quais são os benefícios do louro?

O louro é atribuído a efeitos anti-sépticos, expectorantes, anti-inflamatórios e bactericidas.Por esta razão, é comum encontrá-lo como um ingrediente em muitos remédios naturais que buscam o tratamento e a prevenção de uma ampla variedade de doenças e distúrbios respiratórios.

Naturalmente, no que diz respeito à sua composição alimentar, o louro contém hidratos de carbono, potássio, fibra, cálcio, magnésio, fósforo, vitamina B6, ácido fólico e vitamina C, entre outros. É preciso levar em conta que não é aconselhável beber folhas de louro em excesso, pois pode ser prejudicial para as pessoas que têm um estômago sensível.

Atua como um maravilhoso tônico estomacal, o que significa que, ajudando na segregação dos diferentes sucos digestivos, especialmente em refeições copiosas, é fundamentalmente digestivo para facilitar os movimentos peristálticos. Isto é, age como tônico digestivo, facilitando digestões.

Mas essa qualidade digestiva não termina aqui, pois também é capaz de prevenir a acidez do estômago e, no caso de gases e flatulência, ajuda naturalmente na sua expulsão. Além disso, é geralmente usado para estimular o apetite, graças ao seu conteúdo em diferentes ingredientes ativos capazes de melhorar o apetite. Para desfrutar desta qualidade, é aconselhável beber uma infusão de louro antes de cada refeição principal.

No entanto, não há dúvida de que o louro é bem conhecido por sua qualidades e benefícios para o sistema respiratório. Precisamente pelos seus benefícios anti-sépticos, expectorantes, anti-inflamatórios e bactericidas, torna-se um remédio natural tradicional para tratar e aliviar os diferentes condições e doenças do aparelho respiratório.

Por exemplo, o louro naturalmente ajuda a aliviar sintomas - e desconforto - relacionados a gripes e resfriados, faringite ou bronquite. Por quê? Fundamentalmente porque ajuda a expectoração, ajudando nosso sistema respiratório a uma melhor expulsão do muco (por suas qualidades expectorantes).

Devido às suas propriedades anti-sépticas, o louro ajuda externamente a tratar certas condições da pele causadas pela disseminação de fungos.

  • Como fazer fumaça de eucalipto

Principais propriedades do louro, em resumo

Entre os benefícios mais importantes que laurel tem, descobrimos que:

  • Estimula o sistema digestivo, aumentando secreções e ajudando movimentos peristálticos, o que facilita a digestão.
  • Em casos de gripe, bronquite e outras doenças do sistema respiratório, atua como um expectorante.
  • Favorece a eliminação do líquidoentão ajuda os rins. Além disso, é bom em dietas de emagrecimento.
  • Diminui as abundantes regras e favorece as que são pobres, pelo que podemos dizer que o laurel regula a menstruação.
  • Também ajuda contra a ansiedade e o estresse, sendo uma planta relaxante.

Os principais usos do louro na cozinha

Por seu grande poder aromático, e porque suas folhas são preservadas quase perfeitamente durante todo o ano (porque são duras e coriáceas), a verdade é que o louro goza de uma posição privilegiada na cozinha de muitas casas, sendo usado precisamente como aromático em caldos e sopas.

Por exemplo, um dos usos mais comuns de folhas de louro na cozinha é dar sabor a caldos com carne, guisado e carne ao molho.

Quais são as contra-indicações do louro?

Um consumo excessivo de louro, especialmente sob a forma de infusão, pode ter efeitos digestivos opostos à sua capacidade de facilitar a digestão, uma vez que pode causar sintomas irritantes, como náuseas, vômitos e diarréia.

Além disso, seu consumo não é recomendado em caso de úlcera digestiva ou gastrite, pois pode ser irritante e aumentar o desconforto. Ou seja, seu uso não é recomendado em pessoas com estômago delicado.

Por outro lado, seu uso não é recomendado por crianças menores de 6 anos, nem durante a gravidez ou amamentação.

Externamente, seu uso na pele não é recomendado em pessoas com hipersensibilidade a esta árvore, pois pode causar o aparecimento de graves reações dermatológicas e alérgicas. Além disso, pode causar fotossensibilidade, por isso não é recomendado tomar sol em áreas que estiveram em contato com a infusão de louro (ou cremes feitos com ela).

Mais informações | Botânico on-line Este artigo é publicado apenas para fins informativos. Você não pode e não deve substituir a consulta com um nutricionista. Aconselhamo-lo a consultar o seu nutricionista de confiança.

As Ervas e seus Benefícios - FOLHA DE LOURO | Diabetes tipo 2 | Colesterol | Digestiva | Rins (Pode 2019)