Lula: benefícios e propriedades mais importantes

O lula É um daqueles alimentos que são realmente conhecidos em muitas casas ao redor do mundo, e também altamente valorizados em muitas cozinhas, já que produzem um bom número de pratos deliciosos e várias receitas.

Também é conhecido pelo nome de choco, e consiste de um molusco do mar (pertencente à família dos cefalópodes) com cabeça tentaculada, apresentando por sua vez um saco de tinta (que é comestível) que a lula usa às vezes quando tenta escapar quando sente-se atacado. É claro que devemos diferenciar a lula adulta da mais jovem, que é conhecida pelo nome de lula de bebê.

Onde podemos encontrar isso? Além dos peixeiros quando se trata de peixe, é comum localizá-lo em águas rasas e também em grandes profundidades, principalmente no Atlântico, como as Ilhas Canárias ou a Noruega. Também é possível encontrá-lo no Mediterrâneo.

Não é um alimento sazonal, uma vez que podemos encontrá-lo praticamente todo o ano em peixarias, uma vez que as suas capturas são realizadas ao longo do ano.

Propriedades nutricionais da lula

Alto teor de proteína

Do ponto de vista nutricional, a lula se destaca pelo alto teor de proteínas de boa qualidade, fornecendo assim a maioria dos aminoácidos essenciais. Além disso, é pobre em gordura e calorias (100 gramas de lula contribuem com apenas 81 quilocalorias e 1,70 gramas de gordura).

Torna-se, como vemos, um muito boa fonte de proteína. É, como você certamente sabe, um elemento fundamental na construção de músculos e tecidos saudáveis.

Presença interessante de vitaminas e minerais

Em relação ao seu conteúdo nutricional, Destaca-se sobretudo pelo seu conteúdo mineralentre os quais podemos encontrar potássio, magnésio, zinco, fósforo, ferro e manganês. Fornece vitaminas, mas em pequenas quantidades: especialmente vitamina A, B3 e B12.

Além disso, é um alimento com baixo teor de mercúrio, que encontramos em oceanos poluídos.

Baixo teor de gordura

Desde o início podemos destacar o muito baixa contribuição calórica e gordurosa de lula, que juntamente com o seu conteúdo em proteínas de boa qualidade, não há dúvida que o tornam um alimento ideal em dietas equilibradas e saudáveis. E, claro, também em dietas de perda de peso.

É claro que, para não aumentar sua gordura e conteúdo calórico, não é aconselhável cozinhá-los fritos ou maltratados (os dois métodos mais comuns de cozimento com relação à lula), já que suas calorias podem chegar a 250 quilocalorias.

Seu teor de colesterol é um pouco alto, por isso aconselha consumi-lo com moderação, por exemplo, uma ou duas porções por semana são boas quantidades para aproveitar os diferentes benefícios da lula, sem colocar um problema para os nossos níveis de colesterol no sangue.

Informações nutricionais de lula

100 gramas de lula fornecem:

  • Energia: 81 kcal.
  • Hidratos de carbono: 1,50 gr.
  • Proteínas: 15,40 gr.
  • Gordura total: 1,70 gr.
  • Minerais:ferro (0,50 mg), magnésio (28 mg), manganês (0,02 mg), zinco (1,10 mg), fósforo (190 mg).
  • Vitaminas:vitamina A (77,03 μg), B1 (0,07 mg), B2 (0,15 mg), B3 (0,50 μg), B6 ​​(0,03 mg), B9 (5,12 μg), vitamina E (2,70 mg).

Benefícios do Lula

Alto teor de iodo

É um alimento ideal para o metabolismo, graças ao seu teor de iodo, regulando a energia do nosso corpo e o bom funcionamento das células. Também ajuda a regular o colesterol, processar carboidratos, fortalecer o cabelo, a pele e as unhas, e é essencial para o bom funcionamento da glândula tireoide.

Bom para qualquer dieta

Seu consumo é recomendado por sua vez em pessoas com diabetes e intolerância ao glúten. Além disso, também pode ser consumido por pessoas que seguem uma dieta para perda de peso, dado que sua ingestão calórica e gordurosa é relativamente baixa.

A esta questão devemos acrescentar mais uma qualidade, e isso é graças à sua alta ingestão de proteína, é uma opção útil em dietas para sua poder saciante, ajudando a reduzir o apetite.

De fato, como mencionei anteriormente, 100 gramas de lula contribuem com apenas 81 calorias.

Não é adequado para pessoas com colesterol alto

Caso você tenha o colesterol alto O consumo de lula não é recomendado, especialmente e especialmente em quantidades que podem ser consideradas excessivas.

Isso é porque lula é um alimento com um alto consumo de colesterol, de modo que o consumo excessivo é desencorajado em pessoas com hipercolesterolemia ou com distúrbios dislipidêmicos. Este artigo é publicado apenas para fins informativos. Você não pode e não deve substituir a consulta com um nutricionista. Aconselhamo-lo a consultar o seu nutricionista de confiança. TemasAlimento

???? CÉLULAS CANCEROSAS MORREM QUANDO SE CONSOMEM FOLHAS DESTA MILAGROSA PLANTA! (Abril 2019)