O poder antioxidante das ervas medicinais: mais ricas em vitamina E

Um estudo recente descobriu que muitos dos ervas medicinais ou culinária que costumamos usar em nossas casas têm propriedades antioxidantes superior aos diferentes valores reportados do Vitamina E.

No domingo passado, ecoamos um estudo interessante realizado por cientistas da Universidade da Geórgia (Estados Unidos), através do qual eles investigaram um total de 24 ervas e especiarias compradas em um supermercado local, com o objetivo de saber algumas de suas propriedades e benefícios mais importantes.

Bem, seguindo o fio da pesquisa, encontramos novamente outro estudo diretamente relacionado a este, mas realizado nesta ocasião por pesquisadores do Departamento de Agricultura, em Beltsville, Maryland.

Nela, estudiosos tentaram determinar o propriedades antioxidantes de numerosas ervas medicinais e culinárias, tentando, por sua vez, compará-las.

Foi determinado, por exemplo, que entre as ervas embaladas que atualmente podemos encontrar no mercado e que são claramente antioxidantes, encontramos: gerânio rosa, louro doce, endro, amaranto roxo, coentro vietnamita e inverno salgado.

Além disso, descobriu-se que três tipos diferentes de orégano, italiano, grego e mexicano, têm a maior atividade antioxidante.

E é que não só as ervas estudadas mostraram propriedades antioxidantes superiores aos diferentes valores relatados no Vitamina E, uma vez que mesmo alguns alimentos em menor número ricos em antioxidantes, como amoras, morangos ou legumes.

Via | Química Agrícola e Alimentar Este artigo é publicado apenas para fins informativos. Você não pode e não deve substituir a consulta com um nutricionista. Aconselhamo-lo a consultar o seu nutricionista de confiança. TemasAlimento

Essa Planta é Uma BOMBA de Vitaminas Para Saúde, Pois Contém Mais Remédios que Uma FARMÁCIA (Julho 2019)