Os benefícios de fazer amor com a saúde e seus riscos

Manter relações sexuais é uma das atividades mais saudáveis, íntimas e ótimas que o ser humano social pode desenvolver e isso existe nas relações entre casais.

O sexoe, acima de tudo, manter uma vida sexual ativa, fortalece a relação, formando uma melhor comunicação, união e confiança entre seus membros; tendo assim importantes conotações físicas e psicológicas.

Fazer amor sempre gerará muitos benefícios e terá consequências positivas para ambos, desde que haja um relacionamento saudável. Da mesma forma, existem fatores que podem alterar a boa prática do sexo; Se você não for bem educado, fazer sexo pode causar doenças no indivíduo.

Sustentar e nutrir a boa saúde, além de visitar regularmente um médico profissional na área, faz parte de um bom relacionamento, pois contribui como uma prática para prevenir doenças; Além de fornecer conhecimento de diferentes métodos contraceptivos e manter uma comunicação aberta com o casal ao decidir em relação ao objeto de fazer amor.

Que benefícios isso nos dá?

É por isso que, no próximo segmento, apresentaremos os benefícios mais importantes de se fazer amor.

Diminui o estresse e a ansiedade e nos ajuda a dormir melhor

As pessoas que fazem sexo ativo com seus parceiros são menos propensas a sofrer de estresse ou ansiedade.

Fazer amor diminui os níveis de cortisol no hormônio do estresse corporal e deixa os casais em estado de relaxamento, especialmente quando atingem o orgasmo, onde a segregação da dopamina é notavelmente ativa.

Hormônios como a ocitocina e a melatonina são liberados quando fazem amor; estes são responsáveis ​​pelo sono e ajudam as pessoas a dormir melhor.

É o melhor analgésico

É uma excelente terapia sexual e aumenta a auto-estima; melhora a confiança e a intimidade dos casais e as dores de cabeça desaparecem.

É muito bom para o coração

Durante o início do processo de excitação, o coração libera testosterona e dehidroepiandrosterona (DHEA), que protegem o músculo cardíaco, diminuem a pressão sanguínea e ativam a circulação sanguínea.

Fortalece as defesas e emagrece

A prática constante do sexo ajuda o corpo a criar anticorpos que ajudam a combater infecções e resfriados.

Em cerca de 20 minutos de namoro, cerca de 200 calorias são queimadas; o que torna uma boa maneira de fazer exercícios.

Melhora a saúde da pele

Graças ao orgasmo, a pele fica hidratada e a circulação sanguínea é estimulada.

Favorece a fertilidade

No caso das mulheres, ajuda a estabilizar os ciclos menstruais e, no caso dos homens, fazer amor e ejacular freqüentemente aumenta sua capacidade de fertilização.

Outras qualidades

  • Mantenha o desejo: As relações sexuais ajudam a manter o equilíbrio nos níveis de testosterona e estrogênio que motivam o desejo dos casais.
  • Otimizar memória: Graças à estimulação na produção de neurônios que causam o sexo, algumas das habilidades cognitivas, como a memória, são melhoradas.
  • Protege contra o câncer: Estudos mostram que fazer amor diminui os riscos de câncer de próstata e de mama.

Além de tudo isso, fazer amor com o casal mantém o amor vivo, melhora a comunicação, os mantém felizes e aumenta a expectativa de vida.

Todos esses benefícios levam os casais a manter um bom relacionamento cheio de saúde e responsabilidade.

Quais são os riscos de fazer amor?

No entanto, esta prática torna-se o oposto quando existem segredos e doenças que prejudicam a saúde dos casais; Alguns dos riscos mais comuns ao fazer amor são:

Gravidez não desejada

No momento de fazer amor e se o homem ou a mulher não fizer uso adequado dos métodos contraceptivos mais eficientes, a mulher pode engravidar porque, embora tenha a confiança necessária para controlar a ejaculação, a expulsão masculina do fluido seminal presente em todo o relacionamento contém cargas de espermatozóides.

Doenças sexualmente transmissíveis

Se você não mantém boa saúde ou um relacionamento estável com seu parceiro, corre o risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis, que são difíceis de curar e causam dor e desconforto às pessoas. Além disso, eles podem ser transmitidos para outras pessoas sem serem notados, aumentando os problemas e riscos.

Além de outros vírus, como o HIV, é encontrado no fluido vaginal, sêmen e sangue, e sem a informação ou proteção adequada pode ser contraída ou até mesmo transmitida com apenas uma relação sexual.

Contraceptivos defeituosos

O uso de preservativos quebrados ou perfurados não impede que as pessoas engravidem ou sofram de DSTs.Juntamente com este caráter de risco, pílulas e sistemas anticoncepcionais de longo prazo que não são adequadamente fornecidos significam um risco que pode desenvolver situações indesejáveis.

É importante manter uma boa educação sexual e conhecer em sentido amplo o casal. A comunicação ajudará a prevenir doenças desconfortáveis ​​e dolorosas e o uso de preservativos evitará gravidezes indesejadas. Não usar camisinha mais de uma vez, ter relações sexuais com um único parceiro estável e visitar regularmente o médico são fatores que eliminam esses riscos e promovem um relacionamento saudável e benéfico.

VOCÊ SABIA? - 13 BENEFÍCIOS DO SEXO!! (Pode 2019)