Tipos de aditivos alimentares

Quando lemos a rotulagem dos alimentos ou bebidas que habitualmente consumimos, percebemos a quantidade de aditivos alimentares que podemos encontrar precisamente nos produtos alimentares que comemos todos os dias.

Como já mencionamos em um artigo especial em que falamos sobre quais são os aditivos alimentares, eles consistem em elementos ou compostos que são adicionados aos alimentos, a fim de melhorar o sabor e o aroma, sua textura ou aumentar o sabor. período de expiração.

Dependendo da função que atende ao aditivo alimentar em questão, é possível encontrar diferentes e diferentes tipos de aditivos alimentares. Nós explicamos o mais comum.

Os aditivos alimentares mais comuns

  • Antioxidantes: são aditivos que impedem que os alimentos fiquem enferrujados e rançosos. Eles são capazes de neutralizar a ação oxidativa dos radicais livres, evitando o processo natural de oxidação dos alimentos.
  • Corantes: são aditivos que ajudam certos alimentos ou produtos alimentícios a não perderem a cor. Ou quando ficam descoloridos, mantêm uma aparência mais agradável, intensificando sua cor natural.
  • Conservantes: são aditivos que protegem os alimentos, evitando a proliferação de microorganismos que os estragam. Portanto, eles também aumentam a vida útil e a durabilidade.
  • Emulsificadores: são aditivos que podem ser ligados a outras substâncias (que podem ser aquosas ou não aquosas), graças à sua estrutura molecular.
  • Estabilizadores: encontramos aditivos espessantes e gelificantes, capazes de formar um envoltório ao redor das moléculas de água, restringindo sua mobilidade. Eles também são capazes de aumentar sua viscosidade.

Imagem | Gobierno de Aragón (Flickr) Este artigo é publicado apenas para fins informativos. Você não pode e não deve substituir a consulta com um nutricionista. Aconselhamo-lo a consultar o seu nutricionista de confiança.

ADITIVOS ALIMENTARES (Agosto 2019)