Qual é o tamanho normal do fígado

O fígado É um dos órgãos fundamentais do nosso organismo, de modo que sem ele simplesmente não poderíamos continuar vivendo. De fato, basta dar uma olhada nas funções do fígado para realmente perceber a grande diversidade de funções nas quais ele participa. Portanto, há também muitas condições que podem afetá-lo: esteatose hepática (acúmulo excessivo de gordura), hepatite, uso de álcool ou drogas, bem como outras doenças graves.

Esses distúrbios e patologias, que afetam o fígado em maior ou menor extensão, podem causar sintomas diferentes, como inflamação do fígado (ou hepatomegalia), bem como o aparecimento de icterícia, que se deve principalmente à presença de bilirrubina. sangue alto De fato, quando há hepatomegalia é porque o fígado cresceu de tal forma que suas bordas tendem a exceder seus limites e podem causar certo desconforto, sendo possível sentir a borda inferior desse órgão abaixo da borda das costelas (quando originalmente não é possível senti-lo, a menos que você respire fundo).

Evidentemente, devemos ter em mente que, em muitos casos, o que pode ou não ser sentido sem a existência de doença hepática deve-se principalmente a estruturas adjacentes. Assim, o especialista médico deve considerar se sua descoberta é realmente devida a uma verdadeira hepatomegalia.

O tamanho do fígado depende principalmente da condição física da pessoa, bem como a idade que tem. Isso significa que não é do mesmo tamanho para uma criança do que para uma pessoa adulta. Em média, o tamanho é aproximadamente entre 25 e 28 centímetros por 15 centímetros no sentido anteroposterior e 8 centímetros de espessura ao nível do lobo direito.

Existem também outros fatores que podem influenciar seu tamanho, como a existência ou não de acúmulo de gordura, o consumo de álcool ...

Dentro de parâmetros considerados normais, é possível que o médico especialista diagnostique a existência de um fígado inflamado ou aumentado, quando estiver acima desses valores normais.

Como saber o tamanho do fígado?

A melhor maneira de saber qual é o tamanho do fígado, bem como analisar e descobrir o seu estado (aparência, presença ou ausência de acumulação de gordura, existência ou não de cirrose, inflamação ou não ...), baseia-se num ultrassonografia abdominal, um diagnóstico simples e simples significa que se destaca por ser não invasivo, e que permite estudar o fígado e outros órgãos de forma segura e eficaz. A ultrassonografia ou cintilografia é importante para conhecer o tamanho do fígado.

Existem também outras técnicas úteis, como a percussão. A percussão consiste em fazer batidas leves na superfície do corpo, usando o indicador ou dedo médio de uma mão e, em seguida, batendo com o dedo da mão que está sobre ela. A palpação também é outra técnica, embora não seja tão eficaz, porque se sabe que, em nível populacional, é normal sentir o fígado mesmo sem história de doença hepática. Este artigo é publicado apenas para fins informativos. Não pode e não deve substituir a consulta com um médico. Aconselhamo-lo a consultar o seu Trusted Doctor. TemasFígado

Fígado inchado: o que pode ser? - Doutor Responde (Fevereiro 2019)