O que é o pâncreas, para que serve e suas principais funções

É verdade que o pâncreas, apesar de ser um órgão fundamental e essencial para a vida, tende a não ser tão conhecido em termos de suas principais funções quanto os outros órgãos dizem ser mais popular, como é o caso do fígado ou do estômago, por exemplo.

O pâncreas é um órgão que ocupa uma posição certamente profunda no abdômen. Sua parede superior é anexada ao nível da primeira e segunda vértebras lombares (ao lado das glândulas supra-renais), atrás do estômago; faz parte do conteúdo conhecido clinicamente como um espaço retroperitoneal. Por isso, é um órgão difícil de sentir.

Em relação à sua aparência externa, o pâncreas apresenta forma cônica, cabeça, pescoço, corpo e cauda. Quanto ao tamanho, tem um comprimento que pode chegar a 23 centímetros (embora seja geralmente entre 15 e 23), uma espessura de 5 centímetros, uma largura de 4 centímetros e um peso que varia de 70 a 150 gramas.

As doenças do pâncreas tendem a não ser muito freqüentes, aparecendo especialmente em tempos de desenvolvimento e crescimento da pessoa, ou melhor, em tempos de velhice. Enfatiza a pancreatite, que pode ser aguda (doença grave que pode ser fatal se não tratada rapidamente, causando sintomas que podem ser confundidos com os da obstrução intestinal ou peritonite) ou crônica (processo inflamatório resultante da liberação de enzimas do pâncreas dentro do parênquima glandular).

O ducto pancreático (também conhecidoducto pancreático) passa por todo o pâncreas e transporta as diferentes secreções do pâncreas para o duodeno (primeira parte do intestino delgado).

O que é o pâncreas?

O pâncreas É um órgão de formato alongado, que pode atingir 15 centímetros de comprimento e cerca de 100 gramas de peso. Descobrimos que está localizado na cavidade abdominal, atrás do estômago, muito próximo das diferentes veias e artérias que irrigam o fígado e o intestino.

Consiste especificamente em uma glândula que tem uma forma plana e alongada, lembrando a forma de uma pêra. Sua extremidade larga é chamada de cabeça, a ponta fina é a cauda e as seções do meio são o corpo e o pescoço do pâncreas.

O ducto pancreático é de vital importância, uma vez que é responsável pelo transporte das diferentes secreções pancreáticas para atingir o duodeno, que é a primeira parte do intestino delgado. Esse canal libera as diferentes enzimas, que ajudam na digestão de gorduras, proteínas e carboidratos nos alimentos, como veremos ao longo da seção seguinte, na qual saberemos quais são as funções do pâncreas.

As principais funções do pâncreas

O pâncreas desempenha duas funções básicas: uma função exócrina e uma função endócrina.

Função exócrina

As células exócrinas encontradas nesse órgão são responsáveis ​​pela produção de enzimas que auxiliam na digestão, liberando-as quando o alimento entra no estômago, dentro de um sistema de dutos que chega ao ducto pancreático principal.

Estas enzimas ajudam a digestão de carboidratos, proteínas e gorduras que nos alimentam através dos alimentos.

Basicamente, podemos resumir suas funções exócrinas no seguinte:

  • Ele secreta enzimas digestivas que passam para o intestino delgado. Isto é, secreta o suco pancreático que é então despejado na segunda porção do duodeno.
  • Regula o metabolismo das gorduras.

Função endócrina

Os dois principais hormônios do pâncreas são insulina e glucagon. Enquanto a insulina diminui o nível de glicose no sangue, o glucagon tende a aumentá-la.

Então eles são dois hormônios fundamentais, que trabalham para manter o nível adequado de glicose no sangue.

Em relação às funções endócrinas, podemos resumi-las em:

  • Produz e segrega hormônios importantes: insulina (reduz os níveis de glicose no sangue) e glucagon (eleva os níveis de glicose no sangue).

TemasDoenças do pâncreas Pâncreas

A Função do Pâncreas. (Setembro 2019)