Quando não é aconselhável comer ginseng

O raiz de ginseng Ele tem muitos atributos e tem sido usado para melhorar a saúde das pessoas, são uma infinidade de benefícios e propriedades, alguns deles reconhecidos por pesquisadores médicos e outros, e sim um produto da tradição popular, como lendas que as pessoas disseram com o passar do tempo nessa raiz poderosa.

O Ginseng é eficaz para aumentar o desempenho físico e mental (estimula as funções mentais e de memória quando é necessário excesso de trabalho mental e físico), ativa o sistema imunológico e combate o envelhecimento (prolonga a funcionalidade do organismo em pessoas idosas graças à sua efeito sobre o sistema imunológico e memória).

Mas estas não são suas únicas qualidades, uma vez que também é útil para proteger o sistema cardiovascular (a administração de uma certa quantidade de panax ginseng reduz a pressão arterial e freqüência cardíaca), aumenta o nível de insulina, e também impede a formação de úlceras causadas por estresse. Também após vários estudos, concluiu-se que combate a disfunção erétil e a ejaculação precoce.

Pode ser consumido de maneiras muito diferentes: cru, listrado, em cápsulas, até mesmo cozido em deliciosas receitas (na China, por exemplo, seu consumo é muito popular desta forma). Mas não há dúvida de que o chá de ginseng É uma das formas mais comuns e tradicionais.

Embora a maioria destes tenha sido testada, não é 100% que o ginseng tenha todos os benefícios listados acima, embora no futuro seja mais provável que eles sejam confirmados.

Embora o ginseng tenha todos esses benefícios, ele também tem uma série de contraindicações que podem indicar que sua administração em certas pessoas pode ser prejudicial ao invés de benéfica, neste artigo vamos dar-lhe as contra-indicações para consumir essa raiz chamada ginseng. Quando se trata de consumi-lo, não se deparar com eventos imprevistos que podem afetar seriamente sua saúde.

Contra-indicações ao consumir ginseng

Tenha cuidado se você sofre com essas condições ou doenças

O efeito do ginseng para um diabético pode potencializar os medicamentos hipoglicêmicos que ele toma para controlar sua doença. Por tanto, Não é um alimento adequado ou recomendado para pessoas com diabetes.

O uso de ginseng é fortemente proibido para pacientes hipertenso e aqueles que tomam drogas que aumentam a força de contração do coração, já que nesses casos pode ser altamente perigoso e deve ser evitado a todo custo.

Uma vez que tem uma ação bastante notável sobre o sistema imunológico pode afetar significativamente as pessoas com doenças auto-imunestais como lúpus, esclerose múltipla ou artrite reumatóide, portanto, o seu consumo é estritamente proibido em pacientes que sofrem destas doenças.

Não pode ser usado por pessoas que tiveram ou tiveram doenças diretamente relacionadas ao estrogênio, como câncer de mama e doenças ginecológicas, já que os ginsenosídeos presentes no ginseng agem como os estrogênios encontrados no organismo.

Não é adequado para o consumo de certos medicamentos

O ginseng também pode afetar certos medicamentos, como drogas para depressão, insulina e drogas que atuam enfraquecendo o sistema imunológico. As pessoas que usam medicamentos com efeitos anti-plaquetários também não podem usar o ginseng.

Não há alimentos recomendados ou bebidas em conjunto com o consumo de ginseng

Alguns alimentos e bebidas são altamente perigosos para consumir junto com o ginseng, como café, chá, álcool, laranja amarga e legumes, como a efedrina e a escova. Por quê? Muito simples: estes alimentos aceleram o sistema nervoso e a frequência cardíaca, por isso pode ser um perigo potencial quando combinado com a raiz de ginseng.

Outras contra-indicações a considerar

Seu uso é altamente desencorajado para crianças menores de 12 anos e também para gestantes. Portanto, antes de consumi-lo, certifique-se de que a pessoa tenha a idade apropriada para o consumo do produto ou que não seja uma mulher em estado de gravidez.

Finalmente, deve-se notar que Ginseng não é para uso contínuo e prolongado onde será consumido durante todo o ano. Portanto, recomenda-se não levá-lo continuamente, mas de forma cíclica, isso significa que você tem que alternar seu consumo entre períodos de não mais de três meses seguidos e, em seguida, descansar por 2 meses.

Embora o ginseng seja contraproducente para ser consumido por pessoas com as características acima mencionadas, ele tem uma série de benefícios que devem ser aproveitados por pessoas que podem consumi-lo, já que o ginseng é uma raiz que pode ajudar a melhorar a saúde de as pessoas. Este artigo é publicado apenas para fins informativos. Você não pode e não deve substituir a consulta com um nutricionista. Aconselhamo-lo a consultar o seu nutricionista de confiança.TemasAlimento

Cuidados: remédios para pressão alta (Fevereiro 2019)