4 exercícios ideais para aliviar a dor cervical

Certamente, em mais de uma ocasião, você notou alguma dor no colo do útero. O dor cervical é conhecido pelo nome médico de cervicalgia e está localizado na área entre a área occipital ou a linha superior da nuca até a primeira vértebra dorsal.

Comumente a esta condição nós a chamamos dor no pescoço e além de notar a área dolorida, também a sentimos rígida. Quando até deixamos essa dor se estabilizar e a crise aumenta, a área se contrai.

Muitas vezes não nos damos conta e tendemos a adotar más posturas, o que acabará provocando esses aborrecimentos.

Além de posturas ruins outras causas também influenciam quando sofrem de dores cervicais, como preocupação, estresse, humor, o peso que carregamos em nossa bolsa pessoal, algumas tarefas diárias como passar, costurar, estar no computador. , em geral, as tarefas em que temos que manter nossas cabeças ainda.

Quando adotamos más posturas, pouco a pouco, a tensão é gerada no trapézio e no levantador da escápula, o que impedirá que o fluxo sanguíneo não flua corretamente através desses músculos e a contratura irá aparecer.

Mas é muito fácil adotar uma série de posturas ou exercícios que podemos realizar no final do dia que nos ajudará a relaxar toda a tensão que acumulamos ao longo do dia na região do pescoço. São exercícios simples de realizar que consistem em esticar a área, destravar as omoplatas levantando e abaixando os ombros, exercícios para remover a rigidez da área e, finalmente, relaxar os ombros com o que a área estará relaxada.

Estes são os exercícios mais adequados para aliviar a dor cervical

1. Exercícios de alongamento

Com esses exercícios de alongamento, veremos como a musculatura dolorosa se libera, só precisamos prestar atenção a essas indicações e passos para realizar o exercício.

  1. Encontre um banquinho ou banco sem costas e sente-se com os joelhos ligeiramente separados e as costas retas.
  2. Relaxe os ombros.
  3. Passe o braço lateral que dói as costas e incline a cabeça para o lado oposto, vamos controlar que o ombro não se eleva.
  4. Incline a cabeça suavemente, podemos ajudar a mão oposta, por isso vamos colocar a mão na cabeça e empurrar suavemente até notar que o músculo está tenso.
  5. Mantemos essa posição alongada por cerca de 10 segundos.

Estes exercícios de alongamento podemos repetir 2 ou 3 vezes ao dia, quando temos a necessidade de alongar para aliviar a tensão na área dolorida e apenas por 10 segundos.

Estes exercícios destinam-se a proporcionar alívio, relaxar os músculos, nunca dor, se sentir dor que se reflete no braço, notar náuseas ou tonturas, parar de realizar os exercícios e consultar o especialista.

2. Exercícios para ombros e desconforto nas omoplatas

Ambos os ombros e os músculos que estão entre as omoplatas geralmente são contraídos, especialmente quando adotamos posturas ruins, no final do dia notamos como os ombros estão sobrecarregados como se tivéssemos carregado sacos de cimento por cima.

Com as más posturas tensionamos a área e acabamos com dores e tensões no pescoço, os exercícios para destravar esses músculos consistem em trechos da área que podemos fazer sempre que precisarmos.

  1. Nós nos levantamos e levemente estendemos as pernas, sobre a largura dos quadris.
  2. Os joelhos ligeiramente flexionados.
  3. Nós juntamos as duas mãos, nós entrelaçamos nossos dedos.
  4. Com os dedos entrelaçados, esticamos os braços, virando as mãos para dentro.
  5. Nós estendemos os braços bem para frente, sem que os ombros subam até notarmos que as escápulas se movem, devemos também notar que a área das vértebras é levemente curvada.
  6. Vamos inclinar a cabeça ligeiramente para baixo para alongar os músculos e as costas.

Vamos fazer este exercício com uma duração de 10 segundos e vamos repeti-lo 3 vezes.

3. Exercícios para aliviar a rigidez do pescoço

Esses exercícios são de extensão e flexão e nos ajudarão a melhorar a rigidez que ocorre no pescoço quando a tensão se aloja nesses músculos.

Estes são exercícios que devemos fazer de uma maneira muito suave, sem forçar a área, uma vez que a área cervical é uma área muito sensível e delicada.

Nós faremos os exercícios de extensão primeiro:

  1. Nós nos sentamos em um banquinho com as pernas ligeiramente separadas e as costas retas.
  2. Nós pegamos uma toalha e a passamos atrás da cabeça exatamente onde o pescoço começa.
  3. Pegamos a toalha com os dois braços nas extremidades e inclinamos a cabeça ligeiramente para trás, olhando para o teto.
  4. Mantemos essa posição por 5 segundos e repetimos até 3 vezes.

Devemos ter em mente que com este exercício não devemos sentir dor.

Agora vamos dar lugar aos exercícios de flexão:

  1. Sentados no mesmo banco e na mesma posição, manteremos a coluna lombar reta, pernas ligeiramente separadas.
  2. Colocamos nossas mãos atrás de nossas cabeças e cruzamos nossos dedos segurando nossas cabeças.
  3. Nesta posição nos aproximamos dos cotovelos para que os dois paralelos permaneçam.
  4. Agora vamos abaixar nossas cabeças ajudando nossas mãos e tentando levantar o queixo em direção ao peito.
  5. Mantemos essa posição de flexão por 10 segundos e podemos repeti-la 3 vezes.

4. Exercícios para relaxar os ombros

Quando adotamos posturas ruins, não apenas nosso pescoço também sofre tensão e ombros.

Posturas ruins não são apenas adotadas por estar mal sentado fazendo nosso trabalho, também quando andamos mal, como dizem com as costas encurvadas, as cabeças baixas, ou quando adotamos posições ruins quando estamos dormindo.

Com esses exercícios, além de relaxar toda a área afetada, também alongaremos e corrigiremos as posturas ruins.

  1. Vamos ficar com as pernas ligeiramente afastadas para a largura dos quadris.
  2. Nós dobramos nossos joelhos ligeiramente.
  3. Colocamos as mãos atrás das costas, tiramos o peito para abrir o tórax.
  4. Levantamos nossos braços gentilmente o máximo que podemos sem forçar o mais alto que pudermos.
  5. Nesta posição, devemos ter as costas retas e a cabeça também.
  6. Com a reta lombar, nós contraímos o abdome e levamos a pélvis para a frente.
  7. Fazemos este exercício por 10 segundos e podemos repeti-lo até 3 vezes.

Como dissemos antes, durante o desenvolvimento desses exercícios, em nenhum momento devemos sentir dor, ou algum outro desconforto, como tontura, náusea ou qualquer outra doença.

Estes exercícios destinam-se a relaxar a tensão nas áreas afetadas, bem como aliviar a dor.

Devemos ir ao médico especialista em caso de não notar melhora ou qualquer um dos sintomas acima mencionados. Este artigo é publicado apenas para fins informativos. Não pode e não deve substituir a consulta com um médico. Aconselhamo-lo a consultar o seu Trusted Doctor.

Como Aliviar A Dor No Pescoço - Exercícios Para Coluna Cervical - Canal do Personal (Abril 2019)