Como fazer omelete francesa mais fofa: nosso truque

Geralmente, acredita-se que fazer uma boa omelete francesa não tem nenhum tipo de segredo. Nada poderia estar mais longe da verdade.

Embora seja considerada uma das receitas mais simples do mundo, a verdade é que há uma série de segredos e truques para torná-la fofa e com um sabor realmente requintado.

Chaves para uma omelete francesa fofa e suculenta

Estes são alguns dos segredos e truques para dar o máximo de sabor e suculência a um omelete.

Leite: Um dos melhores truques a ter em conta para obter uma deliciosa omelete francesa é adicionar um pequeno fluxo de leite aos ovos batidos.

Claras e gemas: Outra dica para obter a máxima esponjidade ao preparar este tipo de tortillas é separar as claras das gemas. Assim, os brancos são batidos até praticamente atingir o ponto de neve, e uma pitada de sal e levedura em pó é incorporada. Então, pode ser misturado com as gemas e preparado da maneira usual.

Ovos: É claro que, para fazer uma boa omelete francesa, é essencial que os ovos estejam o mais fresco possível. A melhor coisa para evitar que nenhum pedaço da casca caia na tortilla é cortá-los separadamente, um por um, e misturá-los mais tarde. Desta forma, se um deles estiver em mau estado, não afeta o resto. Quanto à maneira correta de bater os ovos, você tem que fazer isso direito para misturar as claras e as gemas, mas sem chegar ao ponto de espuma.

Fogo: você também tem que prestar atenção especial ao fogo para que a omelete francesa seja esponjosa. O melhor é o fogo médio, para que os ovos vão coalhar pouco a pouco. O tamanho da panela deve ser adequado para que os ovos possam se espalhar bem.

Frigideira: Escolher a frigideira certa é um ponto chave ao fazer uma omelete francesa fofa. É necessário evitar aqueles que grudam, pois como os ovos estão coagulando eles precisam deslizar pelo fundo da panela. Os melhores são os antiaderentes e, quanto ao tamanho, para uma omelete de um par de ovos, o ideal é que a panela tenha 16 centímetros de diâmetro.

Elaboração: Uma das grandes questões que surgem quando se prepara este tipo de tortillas é quando é a hora exata de entregá-las na panela. Bem, quando você adiciona os ovos batidos na panela, você tem que prestar atenção quando eles começam a coalhar; Eles se movem um pouco e uma das pontas é colocada no resto da tortilla. Então, quando estiver pronto, você pode aumentar o calor nos últimos segundos para que fique bem dourado.

Existe uma técnica que alguns chefs usam para fazer a omelete francesa, embora isso exija alguma prática. É inclinar ligeiramente a panela, para que os ovos caiam em direção à parede da panela que está mais distante da alça. Isto é conseguido dando movimentos secos no pulso, e assim a tortilla é enrolada em si mesma.

Fazer uma omelete francesa pode parecer a coisa mais simples do mundo, mas a verdade é que ela tem uma série de truques e dicas para deixá-la fofinha. São dicas muito simples, mas vale a pena lembrar de se tornar um verdadeiro especialista na preparação deste prato popular.

História da omelete francesa

Embora pareça incrível, a omelete francesa é um prato de origem espanhola. Então, por que esse nome? Durante a Guerra da Independência, que ocorreu entre 1808 e 1814, a Espanha enfrentou as tropas napoleônicas francesas.

Logo após o início da guerra, a comida tornou-se escassa na Espanha, especialmente nas batatas. Assim, os cidadãos começaram a fazer tortilhas apenas com ovos, sem as batatas tradicionais. Sim, porque a falta de batatas era da responsabilidade dos franceses, foi concedida esta denominação.

E, para terminar, deixamos vocês com este curioso e interessante vídeo do El Comidista: TemasReceitas com ovo

Omelete francês (Fevereiro 2019)