Pescada: benefícios e propriedades

O pescada é um peixe branco, o que significa que é um alimento que dificilmente contribui com gorduras, por isso também tende a ser qualificado com o nome de peixe magro.

É um dos peixes mais consumidos no nosso país, juntamente com linguado, anchova e bonito, entre outros.

No caso da pescada, trata-se de um peixe pertencente à família Merlúcida, e embora a sua melhor época seja entre Abril e Julho, a realidade é que hoje podemos encontrá-lo praticamente todo o ano em peixarias e mercados

Embora existam diferentes variedades de pescada, a mais comumente consumida é a pescada europeia comum (Merluccius Merluccius).

Propriedades nutricionais da pescada

Tendo em conta que a pescada é um peixe magro ou branco, podemos destacar uma das suas principais características: o seu teor de gordura é relativamente baixo: 100 gramas de pescada contribuem apenas com 1,8 gramas de gordura.

É um alimento ideal em dietas com baixo teor de gordura, especialmente para pessoas que precisam baixar o colesterol, ou estão seguindo uma dieta hipocalórica (baixa em calorias) para perder peso e perder peso.

Contribui com cerca de 12 gramas de proteínas de alto valor biológico, o que significa que é um alimento extremamente rico em proteínas de boa qualidade.

Além disso, entre as vitaminas encontradas na carne são especialmente vitaminas do grupo B (como vitamina B1, B2, B3, B9 ou ácido fólico e B12) e minerais como fósforo, potássio, zinco, magnésio, iodo e ferro.

Calorias

63 kcal

Proteínas

11,8 g

Hidratos de carbono

0,2 g

Gordura total

1,8 g

Vitaminas

Minerais

Vitamina B1

0,09 mg

Ferro

1 mg

Vitamina B2

0,09 mg

Fósforo

190 mg

Vitamina B3

6,1 mg

Potássio

270 mg

Vitamina B9

12 mcg

Magnésio

25 mg

Vitamina B12

1,10 mcg

Iodo

18 mg

Benefícios da pescada

Em primeiro lugar, devemos salientar o teor muito baixo de gordura da pescada, o que significa que é um alimento ideal em dietas equilibradas e saudáveis, uma vez que quase não contribui com gorduras e, no entanto, contém proteínas, vitaminas e minerais de alta qualidade.

A pescada também se destaca por ser uma comida facilmente digerida, interessante em pessoas com vários problemas digestivos.

Em relação às vitaminas que contém, sem dúvida, a pescada destaca-se pelas diferentes vitaminas B que podem ser encontradas na sua carne, entre as quais destacamos a vitamina B9 ou o ácido fólico, porque é precisamente essencial durante a gravidez.

Além disso, exceto a vitamina B12, todas as vitaminas do grupo B ajudam no melhor aproveitamento dos nutrientes energéticos, como é o caso das gorduras, proteínas e carboidratos.

Quanto aos minerais, a verdade é que é um peixe rico nesses nutrientes essenciais. Eles enfatizam, por exemplo, o zinco, útil em homens com problemas de fertilidade, o potássio que intervém no equilíbrio da água dentro e fora da célula e é necessário para o sistema nervoso (como fósforo) e magnésio, relacionado ao bom funcionamento de nervos e músculos.

Imagens | jlastras / procsilas Este artigo é publicado apenas para fins informativos. Você não pode e não deve substituir a consulta com um nutricionista. Aconselhamo-lo a consultar o seu nutricionista de confiança. TemasComida de peixe

Benefícios do peixe para a saúde (Setembro 2019)