Os benefícios da reflexoterapia para dormir melhor

O reflexologia podal é uma técnica usada há séculos pelas culturas do Egito e da China e consiste em massagens suaves que são aplicadas na sola do pé e que contribuem para melhorar o bom estado de saúde.

Como podemos ver os pés não exercem apenas a função de manter o peso corporal e caminhar, também nos pés e principalmente em algumas áreas da sola do pé existem áreas denominadas Áreas de reflexão (terminações nervosas) que mantêm uma conexão com os órgãos do corpo.

A técnica é realizada através da aplicação de uma massagem manual e em que exerce pressão sobre as áreas reflexas dos pés.

Talvez você se pergunte como a conexão com os órgãos do corpo é possível e isso ocorre porque nas solas dos pés não há nada mais e nada menos que 7.000 terminações nervosas e que elas correspondem a cada órgão e parte do corpo.

Esta técnica não é aplicada apenas para relaxar o sistema nervoso, também é aplicada para aliviar e curar doenças comuns, a fim de obter um bem-estar, além de boa saúde.

A reflexologia podal é uma técnica ideal para nos ajudar a dormir melhor, já que a massagem suave induz uma sensação de relaxamento, bem como sensação de leveza e prazer sensorial.

Esta técnica é ideal e também benéfica para todos os membros da família, incluindo crianças.

Saiba mais sobre os benefícios da reflexoterapia

  • Ativa a circulação sanguínea.
  • Ativa o sistema imunológico.
  • Ajuda a equilibrar a função de diferentes órgãos.
  • Nos tratamentos de distúrbios digestivos.
  • Contribui na eliminação de toxinas e purificar o organismo.
  • Em casos de artrite.
  • Para relaxar.
  • Consiga relaxamento mental
  • Para reduzir estados de fadiga.
  • Para aliviar a sensação de pernas pesadas.
  • Para reduzir as tensões no pescoço.
  • Para melhorar a qualidade do sono.
  • Para aliviar o estresse
  • Para melhorar e aliviar contraturas.

Embora, idealmente, a reflexologia deva ser aplicada por terapeutas especialistas, essa técnica também pode ser realizada por nós mesmos a fim de relaxar no final do dia e nos induzir a dormir bem e descansar melhor, em última análise, para alcançar um sono reparador.

Como preparar o ambiente para receber ou dar reflexoterapia em casa

O ambiente no qual a reflexoterapia será realizada deve ser um ambiente harmonioso e silencioso, pode ajudar a ouvir a música suave.

Tanto a pessoa que vai receber a terapia quanto a que vai dar a massagem devem se colocar em uma posição que lhes proporcione conforto.

A pessoa que está realizando a terapia observará a reação do paciente em todos os momentos, já que o contato visual entre os dois é importante para exercer mais ou menos pressão, já que em algumas áreas sensíveis a dor pode ser sentida.

A pessoa que faz a massagem deve garantir que a mão que segura o pé deve estar bem colocada, bem como manter a postura relaxada das mãos, ombros e braços.

As orientações que fornecemos abaixo podem ser usadas tanto para a pessoa que vai realizar a massagem quanto para decidir se você mesmo faz a técnica.

  1. Sentamo-nos de modo a ficarmos confortáveis ​​e apoiamos o pé direito no joelho esquerdo e depois, quando terminamos com um pé, fazemos o mesmo com o outro.
  2. Com uma mão seguramos o pé e com o polegar colocamos pressão na sola do pé.
  3. A pressão que exercemos deve ser constante, exercendo uma pressão média acompanhada de movimentos circulares no sentido anti-horário.
  4. Massageamos deste modo dos dedos ao calcanhar, massageando também os dedos e as partes laterais do pé.
  5. Uma vez terminada a massagem em um pé, repetiremos os mesmos passos com o outro pé.
  6. Após a massagem nos dois pés, massagearemos as áreas mais sensíveis ou doloridas com o polegar.
  7. Vamos massagear a área em torno de onde temos dor até chegarmos à área que dói mais, se notarmos muita dor, vamos pressionar suavemente e constantemente em toda a sola do pé, desde os dedos até o calcanhar.
  8. Então, vamos terminar de massagear o peito do pé, tornozelo e pé.

Casos em que a reflexoterapia não é aconselhável

A reflexoterapia, como pudemos verificar, é um tratamento totalmente natural, embora existam situações em que não é aconselhável receber essa técnica.

  • Nos casos de infecções agudas.
  • Doenças do coração.
  • Nos casos de ter sofrido de angina.
  • Nos casos de ter sofrido um infarto do miocárdio.
  • Nos casos de osteoporose nas pernas ou pés.
  • Nos processos agudos de febre.
  • Em casos de gravidez.
TemasMedicina alternativa

Aperte estes pontos das suas mãos antes de dormir e isto vai acontecer no seu corpo! (Setembro 2019)